As familias......

.....conseguem ser muito complicadas.

 

Ontem a minha mãe telefonou aos meus tios que estão no Canada. para os informar do estado do meu avô.

Um não estava em casa, deixou-lhe mensagem no voice-mail e o outro foi a minha prima que atendeu.

A minha mãe é madrinha dela e enquanto os meus pais  lá estiveram foi a minha que a"crioiu". Aliás, eu chamo-me Susie, por causa dela, ela é que escolheu o nome, senão acho que teria um nome bem português.

Mas ela agora nem se lembra disso e ontem quando a minha mãe falou com ela a única coisa que lhe disse foi: - Tia, não posso dizer nada ao meu pai, porque tem problemas de coração e pode lhe fazer mal!"

 

What????Desculpa????Como?????

O avô esta mal e nem se preocupa em saber o estado dele?

Ou como é que nós estamos?

O meu tio não vem cá há 37 anos e nem se pergunta como a familia esta?

Eu é que deve estar errada......deve ser...

Devem imaginar o estado em que a minha mãe está!!!

Os meu pai quando casou já estava no Canada à algum tempo e depois de casar levou a minha mãe. Eu e o meu irmão nascemos lá e viemos para Portugal quando eu tinha 4 anos e o meu irmão 9 meses. Para nós, Portugal é o nosso pais, para a minha mãe continua a ser o Canada. Sempre gostou daquele pais e diz que só se arrepende de ter vindo para cá, que se nós estivessemos teriamos uma vida melhor. Não concordo, mas não a posso censurar. A vida para ela não tem sido fácil desde que viemos e viemos por vontade do meu pai, não dela.

Os meus tios se estão lá e tem a vida que tem foi graças a ela, que os levou para lá e que lhes deu casa até eles se casarem e se organizarem. Apesar de ela ser a mais nove de 4 irmãos, foi sempre ela que os amparou e agora ao reconhecimneto por isso é este. Se à coisa que me faz confusão é a ingratidão, mas acho que é o que mais há neste mundo.

 

Desculpem o testamento, mas hoje precisava desabafar

 

 

Agradeço, do fundo do coração, a todas que por aqui passaram e desejaram votos de melhoras para o  meu avô.

Obrigada

Beijinhos

 

publicado por susel às 10:01 | comentar | favorito